top of page

Onde escutar a 2temporada?




2 Temporada - Quintal Cast


A primeira vez que escutei falar sobre podcast morava em Paulínia, interior de São Paulo, estava ouvindo a CBN Campinas, no rádio do carro indo trabalhar. Uma matéria sobre uma nova forma de comunicação me chamou atenção. Era primeiro semestre de 2006 e assim que cheguei à minha baia de trabalho, liguei o computador branco de tubo e fui direto para o Google fazer uma busca, encontrei pouca coisa sobre o assunto, algumas informações desencontradas, mas a ideia do arquivo em áudio, sem regras, já tinha alcançado um lugar na minha cabeça.


No mesmo dia entrei em contato, por e-mail, com um parceiro e dono de rádio no Cabo de Santo Agostinho, Charleston Noronha, na mensagem falei para ele sobre o tal podcast que poderíamos usar como uma extensão e, quem sabe um dia, ressuscitar o programa que apresentei entre 2002 e 2004 na rádio Sucesso (Rádio Comunitária/ Rádio de Poste). Mandei o link com as informações sobre o assunto, ele leu e propôs que eu gravasse um programa piloto, mandasse via caixa de correio eletrônico, só para sentir se poderia rolar uma conexão de um programa gravado em Paulínia e editado em Pernambuco.


Gravei em média dez programas com duração de uma hora cada. Para mandar os arquivos, tinha que dividir em trechos de quinze minutos, arquivos de 1 hora o e-mail não suportava, nem anexava, sem falar na internet que tinha que ter uma boa conexão só para subir cada MP3 e mandava em quatro e-mails. Chegando lá, ele baixava e editava no programa de edição Sound Forge, as partes separada, ou seja, sem Drive, sem sites de arquivamento, nuvem ou qualquer coisa assim. Era na tora! Sem falar que todas as músicas tinham que ser convertidas do CD em MP3. Home Studio? Que nada! Ou se tinha CD ou não rolava divulgação da música. Era trampo! Hoje temos algumas muitas facilidades para gravar podcast e outras tantas para o artista ou banda desenvolver seu trabalho e incluir nos streamings da vida.


É sobre essa forma de distribuição via streaming que quero falar. Nessa segunda temporada não irei utilizar dessa ferramenta para jogar no mundo nosso podcast. Foram gravados sete programas via Zoom (aplicativo para reunião) com pessoas que admiro o trabalho, e tenho finidade energética e foi produtivo, lindo e agregador em cada uma das gravações. Todas elas estarão disponíveis em Janeiro de 2023 em nosso blog, assim como a primeira temporada. Lá você pode ouvir e baixar cada programa, escutar onde e quando preferir. Pode fazer isso depois passar o link do nosso blog e compartilhando o programa, conhecer, ler ou comentar qualquer texto sobre as muitas músicas e trabalhos de artistas independentes de nossa cena musical pernambucana.


Por que não usar streaming para distribuição dos podcast? Simples, não temos patrocínio e sem grana podemos pouco ou quase nada. Contamos com você para fazer de forma orgânica essa distribuição, mandando para um amigo, conhecido, parente, qualquer pessoa que gostaria de conhecer música autoral independente feita na raça.


A segunda temporada foi gravada entre os meses de maio e julho de 2022 e contou com as participações; Kira Aderne (Diablo Angel), Sofia França ( ex Sargaço Nigthclub), Greco (Músico carioca, Banda os Azuis e agora carreira solo), Fernando Trezy, Luiz Lopez (Guitarrista da Banda do Erasmo Carlos), Kin Noise e César (Janete Saiu Para Beber) e fechando com chave de gold, quiçá, o grande responsável por isso que faço, e é sem dúvida a grande referência de comunicação que tenho o grande Roger de Renor e toda sua simplicidade.

Pode entrar que o portão tá aberto!

É nesse quintal que nascem flores!


Segue uma degustação do podcast com Luiz Lopez



Kommentare


bottom of page