top of page

Coração Selvagem



Vibração pura busca na simplicidade o bem maior, sofre como todas as mães as decisões que a vida impõe que chega de surpresa e maltrata esse ser grandioso que gera vida e bons frutos. Espera com calma a hora da colheita, sabendo quando deve calar na forte sensação imposta pelo universo.


Busca a solução racional dos desejos, mas não existe racionalidade para os desejos, longe disso. Tenta de todas as maneiras nesse mundo evitar as consequências dessa maneira de viver violentando o momento e pedindo para tudo ir bem devagar leve e longo igual um filme Cult Cool. Não existe lógica meu bem para os desejos selvagens, nem para esse encontro ardente sabendo que essa caixinha é pequena demais para sua alma.


De energia cósmica continua vagando pelo o universo com sua plenitude construindo o lindo buscando o belo, desejando o incerto e entendendo o que é certo. Tem uma força de impactar os corações selvagens perdidos e por isso sofre quando encontra um meio distraído que lhe atraca as viscerais lhe deixando exposta.


Busca a união dos chacras sabendo que o seu mundo particular sempre precisará de mais respostas, ela as persegue e luta por cada momento imaginando esse encontro, seja na luta, carisma e espiritualidade.


É anormal saber que se anda na mesma terra e sofre por nunca encontrar a alma perdida ou até mesmo se depara um dia que seja do outro lado da rua, na esquina ou pela televisão. Quem sabe por um instante solicitar aos céus e pedir cuidado com tudo que é frágil. Não vamos contar o tempo o mundo é seu templo seu aquário ou deserto do Atacama rolando na cama jurando amor eterno.


Depois de tanto correr e desejar a busca agora é outra, sentar e analisar e sabe de onde somos desejos insanos também precisam de dias de neblina. Espalhando sentimentos e vendo o mundo girar sem cair, sem tombar e se reinventar.


O cheiro da paixão percorre o belo e o vulgar deixa o gosto na boca do corpo do outro, lambuzado de prazer para um mundo novo emergir das profundezas do mar ou do inferno dessa vida toda.


Você é grande e “djavanea” a poesia do sorriso largo do brilho do olho do mel derramando, babado, sugado. A noite será bela par todos os namorados apaixonados e iluminados pela certeza do amanhã das nuvens engarrafando o céu e derramando o fel que encontra no balançado do agridoce.


Nada é perfeito e nem nunca será lindo ou belo e eterno, tudo é balanceado, determinado e amargamente aceito pelo universo.


Mas a vontade dos apaixonados é outra deixando aqui frases bobas rimadas quase nada, resumidas e finalizadas com a certeza do nada que é nada no meio do de tudo que é puro, belo e verdadeiro e bem eterno e demoradinho.


Começa assim;


Bem demoradinho

..

Seja com sol, sal e mar,

Nada pode se comparar,

Com teu rosto teu sorriso,

Você faz desse mundo um paraíso.


Com carinho de quem dormiu muito,

Imagino você em minha frente preparada,

Para cair na cama,

Amando igual a uma insana.


Penso em você entrando no mar,

Nua sereia a me perturbar,

Quero você assim natural,

Entregue para mim de forma real.


Se sonho ou se edifico pensamentos,

Nada é comparada a você nesse momento,

Você mexe com meu corpo,

Com meus sonhos, sempre defasados, atrasados,

Imaginar você no banho não é loucura é desejo criatura.


Tentar não ser sempre com meus desejos rapidinho,

Com desejo é bom bem demoradinho,

Gosto de ser do seu lado assim bem safadinho.

Comments


bottom of page